Menu Fechar

Isaura Borges Coelho (1926-2019)

No passado dia 11 de junho de 2019, faleceu a Sra. Enf.ª Isabel Borges Coelho, conhecida pela sua vida dedicada à profissão, nomeadamente na luta pelos direitos das enfermeiras durante o Estado Novo, o que levou a um período de prisão e tortura pela PIDE.

O funeral é na sexta-feira, às 13h30, no Centro Funerário de Cascais da Servilusa, onde também decorre o velório, a partir das 18h desta quinta-feira.

Breve Nota Biográfica:

« 1926 – Nasceu em Portimão
1949 – Entrou na Escola de Enfermagem Artur Ravara
1952 – Iniciou funções nos HCL – Hospital dos Capuchos
1953 – Foi presa pela PIDE no Forte de Caxias de onde sai só em 1957
1965 – Fez 0 Curso de Parteiras Puericultoras do Instituto Maternal
1975 – Foi reintegrada na F. Publica
1979 – Tomou posse como Enfermeira Chefe
1980 – Fez o Curso de Especialização em Enfermagem de S.I. e Pediátrica» [in: Enfermagem em Foco A. 4, nº 14 (Fev./Abril 1994), p. 30-32; acesso online aqui]

Partilhamos:

  • notícia no Jornal Público sobre a vida de Isaura Borges Coelho – clique aqui
  • artigo da revista Enfermagem em Foco, onde Isaura Borges Coelho é entrevistada – clique aqui
  • referência ao filme de curta metragem realizado por Susana de Sousa Dias intitulado “Processo-crime 141/53: enfermeiras no Estado Novo”, disponivel em VHS no Centro de Documentação da ESEL
  • Poema “Até logo”, escrito por António Borges Coelho, companheiro de Isaura Borges Coelho – clique aqui