Menu Fechar

Decorreu o II Seminário de História de Enfermagem ANHE/ESEL

Nos passados dias 14 e 15 de maio decorreu o II Seminário de História de Enfermagem ANHE & ESEL: Aprender História de Enfermagem.

Este evento contou com um total de 4 conferências, 6 mesas de comunicações com comentários de peritos em História de Enfermagem, 1 exposição temporária e a atribuição de 2 prémios e 2 menções honrosas (Prémio Enf.ª Maria Isabel Soares: veja os premiados aqui | Prémio ANHE “Aprender História de Enfermagem”: veja os premiados aqui).

Destacamos a conferência de uma oradora internacional, a Prof. Doutora Christine Hallet da Universidade Huddersfield, Presidente da United Kingdom Association for the History of Nursing e da European Association for the History of Nursing. A sua cativante palestra intulada The high roads of the war: Nurses’ work on ambulance trains in the First World War (1914-1918) levou-nos a conhecer a vida diária das enfermeiras a bordo dos comboios utilizados na Primeira Guerra Mundial.

Esta conferência fez parte dos “Ciclos de Seminários em História da Saúde e Medicina” do Instituto de História Contemporânea da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (NOVA).

O Vice-Presidente da Escola Superior de Enfermagem de Lisboa deu o seu testemunho sobre a evolução da Enfermagem no último quartil do século XX.

A Dra. Carmina Montezuma, responsável do Museu de São João de Deus  – Psiquiatria e História , abordou o ensino de Enfermagem nos Irmãos de São João de Deus nos inícios do século XX na Casa de Saúde do Telhal.

As comunicações foram apresentadas pelos estudantes do Curso de Licenciatura em Enfermagem da Escola Superior de Enfermagem de São Francisco das Misericórdias (ESESFM) e da Escola Superior de Enfermagem de Lisboa (ESEL). À melhor comunicação dos estudantes da ESESFM foi atribuído o prémio ANHE: Aprender História de Enfermagem – ver aqui. À melhor comunicação dos estudantes da ESEL foi atribuído o Prémio Enf.ª Maria Isabel Soares e ainda duas menções honrosas – ver aqui.

No âmbito do Seminário foi montada uma exposição temporária “A arte de cuidar d’outros tempos”, em parceria com o Museu de São João de Deus. Esta exposição está patente até ao dia 31 de maio.